Acordo de R$ 3,47 bilhões oficializa compra da Nextel Brasil por dona da Claro

A empresa mexicana América Móvil, que é responsável pela Claro no Brasil, revelou no dia 18 de março deste ano que irá comprar a Nextel Brasil através de um acordo equivalente a R$ 3,47 bilhões. Segundo a dona da Claro, o acordo de compra já foi fechado entre as empresas.

Considerando os termos do acordo, as empresas NII e AL Brazil Holdings, que são as controladoras da Nextel Brasil, aceitaram vender todas as suas participações na empresa pelo valor de US$ 905 milhões, que é equivalente ao total de R$ 3,47 bilhões.

Segundo as notícias divulgadas pela América Móvil, a Claro Brasil conseguirá com essa transação bilionária a consolidação de sua posição entre as principais empresas prestadoras de serviços no Brasil na área de telecomunicações. Com uma cobertura ainda maior, a Claro espera conseguir mais assinantes no Rio de Janeiro e em São Paulo, que são os principais mercados no Brasil para empresas de telecomunicações.

Além da América Móvil, as empresas que controlam atualmente a Nextel Brasil informaram que o acordo realmente existe e que a América Móvil comprará todas as participações da Al Brazil Holdings e da NII sobre a Nextel Brasil. O valor de US$ 905 milhões também foi confirmado por ambas as empresas que detêm atualmente as parcelas de 30% e 70%, respectivamente, sobre a empresa Nextel.

Após essa transação, a América Móvil terá o controle total sobre a Nextel Brasil, sendo a única controladora da empresa. No entanto, a transação só ocorrerá após aprovação dos acionistas responsáveis pelas atuais controladoras da Nextel. Além disso, a transação precisará ainda das aprovações dos órgãos regulamentadores, sendo eles: Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Em dezembro de 2018 a Anatel divulgou que a empresa Nextel ocupava o quinto lugar entre as maiores operadoras de telefonia no Brasil. De acordo com os dados divulgados pela agência, a Nextel tinha um total de 3,3 milhões de registros de linhas móveis em atividade no país, o que significa uma ocupação de mais de 1% em todo o mercado brasileiro dentro do segmento de telefonia celular. Já a Claro ocupa o 2º lugar neste ranking, com participação de 24,6% do mercado brasileiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *